Vantagens do e-commerce para B2B

Business to Business é o tipo de empresa cujo principal negócio atende a outras empresas. Se o seu negócio é desse tipo e você quer expandir, a modalidade e-commerce pode te ajudar e em países como os Estados Unidos essa modalidade vem crescendo exponencialmente.

A venda pela internet é hoje uma realidade no Brasil devido ao avanço da tecnologia, com isso, os negócios Business to Business, mais conhecidos pela sigla B2B, têm novos horizontes a desbravar.

As empresas maiores com olhar no futuro já estão aprimorando seus processos para sair na frente de seus concorrentes e migrarem para o digital ganhando muito mais visibilidade. Planejamento para se inserir de forma estratégica no comércio eletrônico sem impactar negativamente nos canais já utilizados é hoje o maior desafio destas empresas.

O que é o e-commerce B2B?

Existem vários tipos de e-commerce B2B. Hoje já existem B2B’s que já nasceram virtuais, ou seja, negócios como distribuidores, revendedores, varejistas ou atacadistas que montaram seu negócio on-line quando viram a oportunidade de atender a outras empresas sem todas as despesas de um negócio físico.

Por outro lado, existem os e-commerces B2B que expadiram para o virtual a partir de negócios físicos que já existiam como fabricantes, indústrias de matéria-prima, entre outros. O que muda nesse tipo de e-commerce é que o público-alvo são outras empresas e não o consumidor final.

Tipos de lojas e-B2B

Dependendo do tipo de negócio, a loja pode ser aberta, ou seja, qualquer usuário pode acessar ou fechada em que é preciso um login e uma senha. Em ambos os tipos você pode deixar o preço exposto ou não, dependendo de como você pretende abordar e conquistar seu cliente.

As vantagens de não abrir o preço é que você pode montar ofertas individualizadas de acordo com cada tipo de cliente, assim você pode oferecer condições especiais para grupos, unindo clientes com condições parecidas em cada um desses grupos.

B2B também para consumidor final

É quando um negócio não é apenas para atender outras empresas, mas também o consumidor final, esse tipo de negócio se chama B2B2C. É quando há venda de produtos no atacado e no varejo. O único cuidado que se deve ter é não fazer concorrência com seu próprio cliente.

Quando você vende para um revendedor e para um cliente final, você não pode disputar o cliente final com o seu revendedor, por isso, o ideal é oferecer o produto pelo mesmo preço e condições que o seu revendedor irá oferecer, sendo apenas mais uma opção para seu consumidor final.

Lembre-se que o revendedor costuma ser um cliente mais fiel e com uma demanda muito maior. Ficar sem ele pode representar um prejuízo considerável. Já o consumidor final é instável, compra pouco, procura a melhor condição no momento e não é fiel.

Como inovar em um e-commerce B2B

Independentemente do tipo de B2B que é o seu negócio, se você quer inovar sem arriscar, procure uma empresa de desenvolvimento como a Kirzner do Brasil. Nós vamos te orientar e montar a melhor loja virtual para o seu negócio e te colocar ao alcance de seus clientes.

 

 

Compartilhar

Deixe uma resposta