E-commerce, se não pode vencê-lo…

Quem não gosta de comprar pela internet? Toda a comodidade da sua casa tanto para escolher, quanto para pagar, quanto para receber seu produto. Desde que você esteja em uma loja segura, tem tudo para dar certo.

Os shoppings começaram a sofrer com essa nova tendência, mas antes mesmo que isso pudesse afetar de forma significativa suas receitas, a maior empresas de shoppings do Brasil, BRMalls, decidiu se unir ao E-commerce adquirindo quase metade de uma plataforma de lojas virtuais e com isso integrou de forma genial as vendas dos shoppings físicos com a plataforma de e-commerce.

Números dessa integração

Em poucos meses, um dos maiores shoppings da BRMalls aumentou quase 20% as vendas de refeições e mais de 1% das vendas de todo o shopping. O investimento da aquisição da plataforma foi baixo se comparado aos lucros que os shoppings terão. R$1 milhão em um investimento que pode elevar em 10% a receita dos shoppings nos próximos 4 anos.

O Delivery Center (plataforma adquirida pela BRMalls) tem uma atuação parecida com o IFood, com a diferença é que comercializa muito mais do que comida e ainda há uma segunda grande vantagem que leva a crer que essa nova plataforma crescerá muito mais que o aplicativo de entrega de refeições, o fato de os shoppings servirem como uma espécie de armazém para a plataforma.

A ação da BRMalls teve aumento de preço no mercado ficado mais valorizada com alta de 3% no final do ano passado.

Brasil está mais melhor que os Estados Unidos com essa iniciativa

Os Shoppings dos Estados Unidos estão passando por uma queda apelidada de Apocalipse do Varejo por causa do crescimento das lojas virtuais, mas por aqui essa onda não está tendo todo esse impacto, já que os shoppings estão localizados em pontos de mais fácil acesso e também estão servindo de Hub para o Delivery Center.

Se você é tem uma loja virtual, pode perceber que o e-commerce só tem a ganhar e se você souber aproveitar a oportunidade também verá sua loja crescer. Caso você tenha uma loja seja ela em um shopping ou não, não pode deixar de oferecer ao seu cliente a opção de comprar pela internet.

Como vender pela internet?

Caso você já tenha uma loja e queira expandir seus negócios, fica mais fácil. Você pode apenas criar um site informando o horário de funcionamento da sua loja, telefone, e informar promoções. Esse tipo de site não é um e-commerce, mas apenas um site informativo.

Ele ajuda seus clientes a te encontrarem, mas você pode fazer melhor e expor seus produtos também, podendo escolher entre apenas expor os produtos ou realizar a venda on-line. No momento que você passa a vender online aí sim você tem um e-commerce.

Se você não tiver uma loja, mas esteja querendo começar a se aventurar nesse mercado, é totalmente possível iniciar o seu negócio direto na internet e ter lucros muito mais rápido do que você imagina.

Se não souber por onde começar, fale com a Kirzner do Brasil. Nós teremos o maior prazer em montar o seu negócio de acordo com sua necessidade te colocando próximo ao seu cliente e fazendo com que você ganhe seu espaço rapidamente.

Compartilhar

Deixe uma resposta